Conceção e modelação de um esquema híbrido de base de dados: transacional e analítico

André Costa, Jorge Sá

Resumo


Os sistemas de bases de dados em contexto organizacional estão segmentados em duas categorias: bases de dados operacionais e bases de dados analíticas. Como consequência da constante evolução tecnológica, vários esforços foram levados a cabo com o objetivo de reavaliar o paradigma atual. Assim, a conceção de bases de dados híbridas capazes de suportar o processamento transacional e analítico é vista como possível e viável. No entanto, é clara a presença de uma lacuna no que diz respeito à existência de abordagens que demonstrem como modelar esquemas conceptuais para este tipo de bases de dados. Neste póster é apresentada uma conceção e modelação de um esquema lógico de uma base de dados híbrida.

Texto Completo:

PDF (English)

Referências


Bog, A. (2014). Benchmarks for Transaction and Analytical Processing Systems. In Benchmarking Transaction and Analytical Processing Systems (pp. 45–62). Springer.

Bog, A., Plattner, H., & Zeier, A. (2011). A mixed transaction processing and operational reporting

benchmark. Information Systems Frontiers, 13(3), 321–335.

Kemper, A., & Neumann, T. (2011). HyPer: A hybrid OLTP&OLAP main memory database system based on virtual memory snapshots. In Data Engineering (ICDE), 2011 IEEE 27th International Conference on (pp. 195–206). IEEE.

Pezzini, M., Feinberg, D., Rayner, N., & Edjlali, R. (2016). Real-time Insights and Decision Making

using Hybrid Streaming, In-Memory Computing Analytics and Transaction Processing.




DOI: http://dx.doi.org/10.18803/capsi.v17.396-398

Apontamentos

  • Não há apontamentos.